quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Dilma quer dialogar com o terror... Uma vergonha pra todos os brasileiros!

Cenas de brutalidade e violência contra o ser humano sempre comove a todos. As imagens dos campos de concentração nazistas sempre trazem à nossa alma a dor pela qual tiveram que passar tantos inocentes, por causa do ódio descabido de um homem doentio e louco. Hoje em dia quando alguém se diz compassivo ao nazismo, o mundo todo o condena. É um escândalo.
Nos últimos meses vimos cenas de horror que, nem animais são capazes de fazer. Homens doentes por sangue e ódio em nome de Alá decapitaram cidadãos americanos, um inglês e agora, um francês que havia sido sequestrado na Argélia. A brutalidade é tamanha que ao assistir tais vídeos, o coração acelera de medo e angustia.
Agora, me expliquem como é possível que uma PRESIDENTA de uma nação como o Brasil, diante do mundo representado nas Nações Unidas, condena os ataques contra o grupo terrorista autoproclamado Estado Islâmico? Como é possível uma mulher que se diz humana, junta, honesta, que tem a coragem de se apresentar ao povo brasileiro como uma representante pública, condenar a guerra à guerra. A luta é contra aqueles para quem o dialogo não funciona.
Como uma presidenta ao ver pessoas inocentes com famílias, filhos, amigos uma vida a viver sofrendo a mais brutal e cruel morte, sendo degolados com laminas, dizer que se tem que dialogar? Eu acho no mínimo insano tais palavras. Será que essa senhora não percebe que não se pode dialogar com o crime e com a morte? Será que essa mãe de família não percebe que esses assassinos, doentes que lutam sob o nome da “lua minguante e a estrela” causam o terror no mundo e agem sem escrúpulos?
O que essa PRESIDENTA, que se vangloria de um governo esplendoroso, mas que teve uma participação “anã” na política internacional, e que quando tem a chance de mostrar que o Brasil tem o braço forte pra lutar contra o mal, quer falar na hora de dialogar com os terroristas...
Não se dialoga com o mal e com o terror. O mal se tira pela raiz. A guerra existe para isso. Não pra matar vidas inocentes. Porque as vidas desses homens não são inocentes. O que seria do mundo se a guerra não parasse o Nazismo de Hitler?
O dialogo que esses animais tem que ter é com suas consciências deformadas e sem escrúpulos. Que vergonha presidente Dilma Rousseff... Que vergonha! Você não me representa como brasileiro!

Tiago C. Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário