terça-feira, 21 de outubro de 2014

Meritocracia e destino

    Provavelmente uma das faces mais bizarras dos comunistas e da esquerda é sempre imaginar que os seres humanos estão destinados a serem ricos ou pobres desde o berço. Não sou hipócrita de afirmar que filhos de ricos e pobres tem as mesmas oportunidades na vida, mas basta ver a lista dos mais ricos e ver que muitos tiveram sim origem humilde e venceram na vida por seus próprios meios, alguma sorte e oportunidade.
    Mas nem só aos ricos se acusa de terem vencido apenas por serem 'bem nascidos'. Mesmo pessoas de classe média como eu de vez em quando tem que ouvir alguém que não sabe que você já morou de aluguel ou que ralou para trabalhar e estudar e fazer uma faculdade serem chamados de 'mauricinhos' pela esquerda caviar (logo quem!). Aliás, até de escravocrata já fui chamado por aqueles que para justificar as cotas se esquecem que a maior parte dos brancos deste país não descende de antigos fazendeiros mas dos europeus que aqui vieram para trabalhar nas lavouras de café.
    É a face cínica daqueles que defendendo a igualdade, a liberdade cospem discriminação.

Evandro Veloso Gomes




Nenhum comentário:

Postar um comentário