terça-feira, 14 de outubro de 2014

Vamos ao Debate!

     Hoje é dia de debate na Band, e admito que não consigo nem prever como o mesmo será, tendo em vista que este segundo turno não segue nenhuma das prerrogativas as quais se esperava, desde a ida do Aécio Neves para o segundo turno, quanto ao medo do PT em enfrentar o PSDB quando anteriormente já havia declarado preferir o mesmo nesta disputa, ou o mais surpreendente que é o PSDB aprendendo a falar diretamente com o "povo", ou ainda o Fernando Henrique se mostrando indignado com as criticas vazias do atual governo quando desafia que mostrem o que estava por debaixo do tapete e pergunta por que o atual governo não mostrou nada disso que dizem nesses 12 anos; Mesmo difícil de prever acredito que o comboio PSDB-ista seja liderado pelo esquema do petrolão e pela declaração infeliz do secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, sugerindo alternativas para fugir da alta de alguns preços: trocar carne por ovos ou frango.
    Sabemos que o PT pela primeira vez nesses últimos anos se vê amedrontado, procurando assim atacar diretamente a reputação do candidato tucano com comparativos ao governo FHC, citando a derrota em seu estado e segundo maior colégio eleitoral do país, e que o candidato do PT ao governo de Minas Gerais ( Fernando Pimentel) foi eleito no primeiro turno; Por outro lado o tucano diz apenas que cada mentira será debatida com uma verdade, similar ao discurso usado por José Serra em 2010, entretanto vale a pena ressaltar que esse PSDB é totalmente diferente, se fez forte com alianças com três dos candidatos do primeiro turno, inclusive Marina Silva que demorou mas acabou declarando seu apoio, a ex- esposa de Eduardo Campos: Renata Campos, entre algumas alianças incluindo o PMDB no Rio Grande do Sul, só pra constar o PT está tão amedrontado que a candidata Dilma Rousseff impôs como exigência para sua participação no debate promovido pelo SBT ( que ocorre nesta quinta) em parceria com a Folha de São Paulo, UOL e a Jovem Pan, que não existisse o bloco com perguntas feitas de perguntas elaboradas pelos jornalistas destes meios, sendo assim a Folha de São Paulo declinou e não irá mais participar do mesmo.
     Vamos esperar o debate de logo mais e assim poderemos analisar essa eleição disputadíssima.


Jefferson Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário