quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Os casos estranhos

     Depois do vazamento do depoimento do de Augusto Mendonça, diretor da Toyo Setal. Afirmando que as doações legais feitas à campanha de Dilma Rousseff haviam tido propina, tornando assim sua campanha ilegítima.
     Com isso hoje saem várias pessoas em defesa de Dilma Rousseff e o PT. Entre eles: José Eduardo Cardozo, o “grande” Ministro da Justiça, disse “Não há nenhum indicativo que as campanhas de 2010 e 2014 tenham recebido recursos em situação indevida”, ora esse é um indicativo!
     Outro comentário sobre o assunto veio do ministro da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, diz ele “Eu acredito que o trabalho na campanha foi muito cuidadoso”, não o suficiente, se a denúncia for verdadeira claro. Aí ele vem com os chavões clássicos do Petismo. “Acho que qualquer afirmação tem de ser investigada” e terminando com “Vai ser evidentemente apurado e investigado”, sempre a mesma fala. Mas notem que essa não são as funções de ambos. Sendo isso no mínimo indecoroso. Talvez por isso a justiça, assim como o governo não vão bem em suas funções. Pois seus ministros parecem mais porta-vozes/Advogados do PT e seus corruptos, do que ministros.
     Me deixando estarrecido que esses dois são apontados como candidatos a ministro do Supremo Tribunal Federal. Mostrando-se fieis aos seus ideais, petistas, claro. Tendo de aguentar ainda, a esquerda coxinha dizendo que essa história de aparelhamento do STF é pensamento de lunático. Espero que o Senado não aceite esses nomes!
     Para finalizar o Lula também veio como “dono” da verdade. E disse “Estou pensando em falar sobre isso um dia desses para colocar umas verdades no lugar. Por que como a delação é sigilosa só a Polícia Federal e o Procurador que sabem tudo isso”. É mesmo Lula? Então coloca na fila, junto com a “verdadeira” história sobre o mensalão. Apenas não demore a falar, pois pelo visto, são muitas coisas a se dizer.
     Afirmando em seguida. ”Se é sigilo eu estou estranhando como está vazando, a quem interessa e quem está promovendo isso”, estranho são quantos casos de corrupção no Brasil, estranho é a reação do seu partido, estranho é você não ser questionado sobre vários casos de corrupção, que aconteceram debaixo do seu nariz.



Silvio Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário