segunda-feira, 23 de maio de 2016

Ou se critica, ou se confia. Será?

Acredito que ainda sou muito esperançoso, esperançoso por tentar discutir com simpatizantes petistas, por acreditar que ainda podemos com racionalidade e coerência discutir um ponto de vista, entretanto percebo que o debate politico no Brasil pós-eleições presidenciais de 2014 transformou os lados antes conhecidos como direita e esquerda em religiões absolutas onde não se importa mais as ações e pontos de vista e sim a defesa cega de seus gurus.
Ocorre-me que devemos estar alertas com o governo novo para que essa aura de esperança e mudança imediata não nos iluda, convém saber discernir que esperança é necessária, otimismo mais ainda, mas de forma alguma isso pode nos deixar dispersos sobre o que ocorre e como ocorre, recentemente o presidente em exercício Michel Temer resolveu recriar o ministério da cultura, sinceramente eu fico feliz com a decisão até mesmo por razões discutidas no ultimo hangout, acho medíocre estes argumentos de que artista não é vagabundo e coisas do gênero, além de sua obviedade, penso que isso é alinhar o debate por baixo, e pra mim isso é típico de petistas e não de quem realmente deseja o futuro prospero do país. Entretanto essa mudança em tão pouco tempo nos baliza que o Temer está perdido ao mudar de ideia em pouco tempo devida às pressões as quais sofreu.
Além de que ele sofre um serio agravante, é o de que seu governo vem sendo bombardeado por várias noticias fakes divulgadas em meios de pouca ou nenhuma credibilidade, por isso tudo cabe a nós saber fazer uma avaliação coerente e dar a este governo que se inicia um tempo para provar que é bom de serviço e consegue minimizar a crise (esperar seu fim seria lúdico e o mesmo que enxergar no Brasil um episódio dos ursinhos carinhosos derrotando o coração gelado), condições pra isso Temer mostrou ter, indicando para seus ministérios nomes competentes como Henrique Meirelles, Raul Jungmann e José Serra, mas ainda fico com o pé atrás em pensar que estaremos a mercê da velha politica Pemedebista quando vejo nomes de políticos envolvidos na lava jato no meio dos demais, além de manchar o nome da equipe é aquela velha história da laranja podre na cesta, ou seja, nada mais nos resta senão esperar bons resultados porém sempre alerta, o salto positivo que o impeachment representa para a democracia não pode ser perdido, mas também não pode nos ludibriar, no mais, o tempo dirá...

Nenhum comentário:

Postar um comentário