quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Diário de Viagem 3 - Champagne

Fim de ano pede champagne mas a maioria dos brasileiros vai ter de se contentar com o espumante nacional, uma bebida tão ruim que precisam encher de açúcar para o povo conseguir tomar. E isso porque tudo o que é importado no Brasil é absurdamente caro. Desde os tempos da ditadura militar que o governo tenta usar os altos impostos de importação para favorecer a indústria nacional mas como o governo não melhora nem a educação, nem a infraestrutura e muito menos os impostos, fazem cinquenta anos que essa política só tem servido para condenar o brasileiro à consumir produtos que o resto do mundo jamais consumiria. Felizmente nessa viagem pude comprar duas garrafas de 750ml do legítimo champagne de Champagne por apenas dezoito euros a garrafa. Cerca de oitenta reais. E ainda pude conhecer as parreiras e as galerias subterrâneas aonde o champagne é armazenado!
E ai, até quando vou ter que consumir produtos de merda de uma indústria nacional superprotegida?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário