segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Atentado contra o Waldemiro Santiago


Se um maluco tivesse invadido alguma escola ou outro lugar público e tentado matar alguém estaríamos discutindo em todos os jornais o que leva alguém à cometer um ato bárbaro destes. Mas bastou ocorrer em uma igreja contra um grande líder religioso e nenhuma discussão foi feita... A liberdade religiosa e o respeito às religiões não podem ser valores absolutos!
Quantas igrejas hoje pregam que seus fiéis abandonem seus tratamentos médicos ou psiquiátricos? Quantas religiões colocam a causa de problemas psiquiátricos em questões 'espirituais'? Essas religiões atraem malucos e depois que um que deveria estar sendo tratado ou internado tenta matar alguém vamos tratar isso como uma mera casualidade?
E os crimes de charlatanismo e curandeirismo? Vamos continuar as ignorando?!