quinta-feira, 30 de abril de 2015

Charge da Semana!

     Algumas charges chamam a nossa atenção por sua simplicidade e veracidade, acho que é o caso desta charge aqui da pagina EcoDesenvolvimento do Facebook, segue a mesma:


quarta-feira, 29 de abril de 2015

A incompetência de Gabrielli

     Ao assistir esse vídeo do colunista de Veja Augusto Nunes, resolvi posta-lo aqui, pois o mesmo conseguiu relatar com eximia acurácia e simplicidade a incompetência do ex-presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli no período que esteve a frente da estatal, e ainda temos de ver manifestações ridículas emparelhadas com o governo afim de reivindicar proteção a Petrobras, proteção de que? Se os ladrões da mesma tiveram a corrupção institucionalizada no governo petista como dito pelo próprio Pedro Barusco.
   Assistam o vídeo e entendam como Gabrielli conseguiu quebrar o recorde mundial de incompetência.

video



O fantasma da PL4330 para os sindicatos!

     Algumas coincidências são mesmo muito pertinentes, hoje pela manhã postei um breve texto falando sobre a PL 4330 que visa regulamentar as terceirizações, logo depois recebi um informativo do sindicato local ao qual sou associado (obrigado é claro, pois não nos é facultado o poder de escolha) que procurava demonizar de forma mesquinha e totalmente ridícula a PL citada acima.
     É claro que tal medida põe em risco a vida dos sindicatos e por sua consequência a mamata de alguns sindicalistas, mas por já ter me posicionado mediante o fato prefiro apenas postar o informativo e deixar que você caro leitor tenha sua própria opinião sobre este assunto.


PL - 4330

     Estamos presenciando um enorme embate de ideias a respeito da PL 4330, sobre as terceirizações, PL que foi aprovada na câmara dos deputados quase que a toque de caixa, sob as bênçãos de seu presidente Eduardo Cunha (PMDB) e que parece não ter o mesmo destino no senado como já dito por seu presidente e colega de partido de Cunha, Renan Calheiros. 
     Acho que ficar batendo na tecla de que tal medida ira rasgar a CLT ou diminuir o direito dos trabalhadores é apenas mais um discurso ignorante de quem não tem conhecimento ou não enxerga que várias terceirizações já ocorrem livremente no país, algo ate muito natural devido a demanda do livre comércio e da globalização, ou ainda desespero de sindicalistas que temem perderem seus associados sem poder de escolha que são quase que obrigados a pagaram contribuição sindical sem terem opção de escolha em se associar ou não a esse ou aquele sindicato de classe.
     Mas enquanto formos alheios as políticas externas e demandas de mercados estaremos sustivésseis a falsas dicotomias como estas e assim poderemos facilmente sermos vitimas da alcunha de inocentes úteis.

terça-feira, 28 de abril de 2015

Recomendação Literária

     Com o clássico estilo do Historiador Marco Antonio Villa: leitura leve, altamente instrutiva e um vasto e rico referencial bibliográfico, este livro se torna um ótimo guia cronológico do período de ditadura do Brasil (1964-1985), mostrando desde as formações e desdobramentos políticos, golpes, revoluções e todas as demais características que marcaram esses 21 anos acima citados, considero uma leitura indispensável pra quem almeja entender com detalhes como se deu e o que ocorreu nessa fase da política brasileira.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

O grande Líder de massas

     Onde está aquele que se dizia o grande líder de massas? Aquele ex-presidente que zombou do sistema eleitoral ainda como presidente num nefasto vale tudo político afim de eleger o poste que escolheu para sua sucessão, tendo em vista que seu fiel amigo e escudeiro teve sua imagem arranhada pelo mensalão? Para aqueles mais ingênuos e alienados que não sabem de quem me refiro peço que demandem apenas três minutos de seu tempo para assistir este vídeo e que assim possam tirar suas próprias conclusões.

video
     Gostaria de lembrar uma frase do cantor e compositor Raul Seixas: Mas este caos vigente é o sinal de que algo está para acontecer. 
     A historia nunca falha em mostrar os fatos ocultos e nefastos e este senhor será desmascarado desta veste de líder de massas, e este dia não se tardará, quem viver, verá.

sexta-feira, 24 de abril de 2015

O "Ilustrissimo" Governador Fernando Pimentel

     Como bom mineiro que sou não podia deixar de mostrar minha indignação com o nosso atual governador Fernando Pimentel, a lista de inutilidades por ele desempenhadas em tão pouco tempo de governo é algo monstruoso, primeiramente como bom petista que é nosso "ilustríssimo" governador tem trabalhado arduamente em criticar o governo anterior, vemos mais uma vez a política do "nós contra eles" onde o governo mineiro tem mostrado tamanho empenho em difamar os últimos 12 anos de administração tucana no estado, particularmente não consigo enxergar funcionalidade nem tão pouco significativa importância em um governo que gasta com publicidade, menos ainda quando esta é uma publicidade negativa afim de denegrir a imagem do governo anterior, um verdadeiro assassinato de reputações. Quem mesmo que falava em 3º Turno?
     Se a famosa política petista do ódio já não fosse motivo suficiente para repudio, (ainda mais que o atual governador quando prefeito de BH teve total apoio do atual governador da época Aécio Neves, que não fez mais que o seu papel e agora ainda recebe a alcunha de péssimo administrador assim como o Antonio Anastásia seu sucessor) vivemos em Minas um censura travestida de apoio a programação local onde dois programas da TV cultura simplesmente foram censurados pois os mesmos tinha seus quadros compostos por jornalistas que se mostraram contrários a algumas opiniões do nosso ilustre governador petista, sendo ele o programa de entrevista Roda Viva exibido as segundas feiras as 22Hrs onde se faz parte integrante o jornalista Augusto Nunes, também colunista da revista Veja (nossa como o PT teme a Veja, porque será?) e o outro programa censurado foi o Jornal da Cultura exibido de segunda a sábado as 21hrs, onde a censura se deu depois de um comentário do historiador Marco Antonio Villa também colunista da revista Veja (olha só mais uma vez o temor a Veja) programas estes que foram substituídos por reprises do jornal local, não dando assim outra opção aos telespectadores se não assistirem tais programas pela internet.
     Se tudo isso citado acima não fosse suficiente (e não é, deixei o pior, a cereja do bolo as avessas para o final) Fernando Pimentel concedeu ao líder do MST: João Pedro Stedile uma das maiores honrarias de Minas Gerais: a medalha da inconfidência, tal ato gerou tamanha insatisfação que várias pessoas que também receberam tal honraria em tempos atrás se dispuseram a devolve-las na alegação de que a mesma já não possui o mesmo valor que detinha no passado, dentre elas estão: o juiz aposentado Mozart Hamilton Bueno e o deputado do PSDB João Leite.
    Inclusive  o deputado Sargento Rodrigues (PDT) aprovou na Comissão de Segurança Pública uma moção de repúdio ao ato de Pimentel.
     Infelizmente é notória a ineficiência petista, talvez isso se dê por isso mesmo: grande preocupação com coisas pífias e desmazelo com a coisa pública. Inclusive gostaria de saber do Sr governador porque em Minas Gerais temos 240 radares fixos desligados, porque estes ainda não foram religados afim de reduzir o risco de acidentes nas estradas? Opa, essa é difícil hein! O jeito é amargar esses quatros anos na esperança que assim os eleitores aprendam a avaliar melhor quem elegem.
     Será?

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Gol contra o Brasil

     Ontem estava em uma pizzaria do meu bairro quando a televisão da mesma começou a transmitir ao vivo o jogo de futebol, até então nada de anormal, entretanto o que me causou tamanho estranhamento foi o fato de que a cada lance errado ou gol perdido os torcedores sofriam, xingavam e demonstravam sua indignação com o time, até que o mesmo marcou um gol e todos os telespectadores devidamente caracterizados com suas camisas gritaram e comemoraram de forma veemente, entenda você o meu estranhamento: Será mais do mesmo? Do velho e conhecido Pão & Circo? Exatamente! Acredito eu que não podemos nos dar o direito de vivenciar de forma tão árdua um jogo de futebol enquanto vivemos uma economia em frangalhos, total desgoverno, impostos subindo, gasolina mais cara do mundo, "pacotão de ajustes fiscais" e serviços públicos precários.
     E ainda há quem ira ler este texto e falar que isso é uma mera critica de quem não é fã de futebol ou que mediante tanta corrupção o brasileiro merece divertimento, e é ai que mora o perigo pois enquanto nos permitirmos divertimentos secundários, quando vivemos problemas nos setores primários estaremos fadados a viver um governo que se sente no direito de imputar a população o custo de sua ingerência, como diz o economista Rodrigo Constantino: pagamos impostos escandinavos por serviços africanos, para enfatizar o problema de forma emblemática vou citar Edmund Burke: Para que o mal triunfe basta que os bons fiquem de braços cruzados, e pelo visto os brasileiros não estão de braços cruzados mas sim gritando em ruas e estádios por seu time favorito enquanto se cala mediante alta dos impostos, parece que se esqueceu que trabalhamos quase cinco meses do ano apenas para pagar impostos, mas tudo bem desde que seu time esteja classificado para a próxima fase da libertadores.
     Acho que isso sim poderia ser considerado um gol contra o Brasil!

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Os Petistas enchergam com as lentes da ignorância

     Eu fico me perguntando como ainda existe Petista que consegue defender com veemência o partido, não que eu queira imputar goela abaixo minhas opiniões políticas, longe disto, entretanto como que eu posso levar a serio um partido político que em menos de cinco anos teve dois tesoureiros presos? E esteve envolvido diretamente nos dois maiores escandalos de corrupção no país? É tão clara a forma como o partido esquematizou a corrupção tendo como articuladores principais do dinheiro desviado da corrupção seus tesoureiros, mais clara ainda quando surge uma denuncia que o novo tesoureiro do PT recebeu de Vaccari R$ 95.000 de empreiteira do clube do bilhão conforme noticiado no site de da revista Veja.
     O problema é que parece que os petistas já não enxergam com clareza a muito tempo (isso se um dia enxergaram) hoje lançam mão de lentes corretivas, as lentes da ignorância política e do populismo medíocre, perceba então você que a minha critica que pode ate ser considerada ferrenha para alguns, não se faz ao partido, até mesmo porque até uma criança de oito anos que assiste os noticiários percebe o mar de lama que se tornou (ou sempre foi porem antes encoberto) o Partido dos Trabalhadores, a critica é direcionada aqueles que não tem o mínimo de analise critica e apesar de tudo que vemos diariamente ainda defendem o PT, e enquanto os analfabetos políticos forem maioria no país e as pessoas acharem que política não se discute, estaremos sim fadados a vivermos a mercê de governantes políticos que usam do emparelhamento do estado para alavancar um projeto criminoso de poder.