quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Diário de Viagem 4 - Honestidade

Falar das ruas limpas e do respeito à sinalização de trânsito na Europa chega a ser pedante de tão comum. O que mais me surpreende é que mesmo as pessoas que viajam periodicamente ao exterior aparentemente não aprendem porra nenhuma em suas viagens. Afinal a sujeira das ruas e o desrespeito às leis de trânsito acontecem da mesma forma tanto nos bairros mais periféricos quanto nos de classe mais alta. É nesta hora que fica claro a maneira 'flexível' que o brasileiro trata questões como honestidade e respeito. É isso o que explica que políticos de ficha 'imunda' continuem sendo eleitos. É como se o político pudesse ser apenas 'meio' honesto desde que garanta algum auxílio ou benefício. Afinal, nós também podemos ser apenas 'meio' honestos respeitando a sinalização apenas quando há um radar por perto e ainda reclamando da indústria da multa quando somos vítimas de algum radar escondido. Ou ainda emporcalhando nossas ruas e reclamando das enchentes.
A política do pão e circo continua mais ativa do que nunca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário