sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Oposição é sinônimo de ressentimento no dicionário da presidente!

     É absurdamente estranho pra não dizer medíocre ouvir a presidente falar que devemos deixar o ressentimento eleitoral de lado "no que se refere a questão" de falar do discurso feito por Aécio Neves na tribuna do senado ao afirmar que fará uma oposição intransigente, inabalável e inquebrantável, o que me leva a pensar que o fato de que nos últimos 12 anos nossa oposição simplesmente não existiu, limitando suas aparições a épocas eleitorais, fez com que nossa presidente assim como os militantes de seu partido esquecessem que oposição é algo extremamente importante para a manutenção da democracia, fica ate paradoxal ver o PT se esquecer da existência da oposição, ele que a fez ferrenhamente nos governos de Collor e FHC, por ferrenha leia-se que o mesmo (PT) votou contra a lei de responsabilidade fiscal e o plano real.     Entretanto vale lembrar que o que se espera de uma oposição como descrita pelo Aécio Neves é que ela seja mesmo intransigente no combate a corrupção e para isso imparcial, apurando assim e punindo os casos de corrupção em todos os partidos, inclusive o seu, para que assim os 51 milhões de eleitores que depositaram nele sua confiança e esperança de mudança, possa enxergar coerência em seu discurso.



Jefferson Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário